SAIBA TODOS OS CUSTOS DA AQUISIÇÃO DE UM IMÓVEL

SAIBA TODOS OS CUSTOS DA AQUISIÇÃO DE UM IMÓVEL

Quando pensamos na aquisição de um imóvel, estamos falando de um sonho, algo que é planejado e desejado, geralmente, durante um longo período de tempo. Mas, envolvidos pelo clima de conquista e realização, muitas pessoas esquecem de colocar na ponta do lápis todos os custos envolvidos durante o processo de compra, que vão além do valor do imóvel.

Para ajudar com esses cálculos, separamos os 5 principais custos extras na aquisição de um imóvel.

DOCUMENTOS E TAXAS DE REGISTROS

Para a assinatura do contrato e aquisição de um imóvel, independentemente de ser financiado por alguma instituição bancária ou não, você deve estar preparado para uma grande quantidade de cópias de documentos, certidões, registros e autenticações que serão necessárias para o processo.

ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis)

O ITBI é um imposto obrigatório recolhido pelas Prefeituras Municipais, que deve ser pago para a escrituração do imóvel, o valor varia conforme a cidade. Em Passo Fundo, por exemplo, a taxa é de 2% sobre o valor do imóvel, salvo em casos de imóvel novo, em que existe um desconto de 1% durante o primeiro ano após a entrega ou habite-se do imóvel. No caso de imóveis adquiridos com financiamento em instituições bancárias, o ITBI é cobrado de forma diferente, em imóveis de até R$ 750.000,00 aplica-se a alíquota de 0,5% sobre o valor efetivamente financiado, até o limite máximo de R$ 73.256,87. Se houver algum valor a mais, então é cobrada a taxa padrão da cidade.

ESCRITURA E REGISTRO DE IMÓVEIS

A escritura pública do imóvel, documento imprescindível ao proprietário, é tabelada e seu custo dependerá da região da cidade em que o imóvel foi construído. Além do valor pago no tabelionato escolhido para realizar a escrituração, também é necessário pagar um valor para o registro desta escritura no Cartório/Registro de Imóveis da sua cidade e retirada da matrícula do imóvel no seu nome. Para aqueles que estiverem comprando um imóvel pela primeira vez, é destinado um desconto que também varia de acordo com cada cidade, chegando até mesmo a 50% no valor do registro e da escritura. Se esse for o seu caso, informe-se a respeito no Tabelionato ou Registro de Imóveis da sua cidade. Nos financiamentos não há custo com a escritura, já que, em termos legais vale o contrato imobiliário feito com o banco. No Registro de Imóveis há dois registros previstos para o imóvel financiado: o primeiro segue o mesmo padrão do imóvel não-financiado para retirada da matrícula do imóvel, e, o segundo, registra a alienação fiduciária, ou seja, registra que, até a quitação do financiamento, o imóvel ficará no nome do banco.

FINANCIAMENTO

O próprio financiamento possui taxas e encargos para a sua consolidação. Você terá de pagar as taxas de vistoria do imóvel, cobradas pelo banco para avaliar o estado de conservação e a segurança da construção, além de que a lei determina que ao adquirir um financiamento, você também terá de adquirir 02 seguros (Morte e Invalidez e Danos Físicos dos Imóveis), além da própria taxa para assinatura do contrato de financiamento. Estes valores variam dependendo do tipo de imóvel e do financiamento adquirido.

CONDOMÍNIO E IPTU

Outra despesa da qual é muito importante que você obtenha informações é a respeito do valor de condomínio (se for o caso) e de IPTU do imóvel que você está comprando: avalie a área do imóvel, o tamanho das áreas sociais e como será a sua manutenção, o número de unidades do empreendimento (o condomínio é dividido entre todas as unidades). Alguns empreendimentos já vêm sendo entregues com medidas que são importantes para a redução dos custos, como eficiência energética e reaproveitamento da água da chuva.

Faça um bom planejamento e analise o que realmente cabe no seu bolso, assim você vai estar preparado e evitar dores de cabeça, nesse momento tão importante que é a conquista do tão sonhado lar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *