A IMPORTÂNCIA DE RECEBER AS ÁREAS SOCIAIS PRONTAS

A IMPORTÂNCIA DE RECEBER AS ÁREAS SOCIAIS PRONTAS

Receber as chaves de um imóvel é um momento de muita emoção, independentemente de ser o primeiro imóvel ou não. Mas, esse momento especial pode gerar muita dor de cabeça e gastos que não estavam previstos no orçamento inicial do proprietário. Entre estes gastos, o que mais tem gerado polêmica entre condôminos é a necessidade de mobiliar e decorar as áreas sociais destes empreendimentos.

Muitos condomínios são entregues sem que as áreas sociais sejam equipadas, ou, com pelo menos uma parte das áreas vazias, como por exemplo, as academias. Então, no momento da entrega do imóvel, os condôminos se depararam com a questão. Muitas vezes sem contar com nenhuma especificação em contratos ou memoriais descritivos, as dúvidas começam a surgir e, caso não haja o apoio e assessoria da construtora, o impasse pode se estender por anos a fio. Para se ter uma ideia do problema, existem prédios entregues na década de 90 e que ainda não tiveram as suas áreas sociais decoradas ou sequer mobiliadas pelos moradores.

Essa situação é muito comum no mercado de imóveis, e relatos de brigas e desentendimentos por parte de condôminos e construtoras tem ganhado cada vez mais enfoque nas redes sociais. Além disso, a estimativa é de que mesmo colocando apenas o básico nestas áreas, como tapeçaria, lixeiras, louças e outros, os moradores tenham um acréscimo de 30% de condomínio. Enquanto isso, quando é necessário mobiliar áreas maiores e que tenham mais equipamentos, como salões de festas, academias e playgrounds esse número pode aumentar e muito. Por este motivo a maioria dos condomínios acaba prorrogando a decoração das áreas sociais, e dando prioridade a instalação do essencial para o seu funcionamento, como quadro de avisos, capas de proteção para elevadores, e até mesmo reforçando a segurança através de cercas elétricas e câmeras de monitoramento.

Enquanto isso, os moradores seguem sem conseguir utilizar aquilo pelo que pagaram e tanto sonharam, frustrados com a realidade de não terem uma área de lazer ou sequer um espaço para receber a família e os amigos.

Devido a todos estes problemas é fundamental que, no momento da compra do imóvel, fique claro ao comprador quais são as áreas comuns que serão entregues decoradas e mobiliadas, e também quais são os objetos e equipamentos que irão constar nestas áreas. Caso essas informações não estejam expressas no contrato, o comprador deve guardar um folder, propaganda ou material gráfico que mostre as áreas de lazer do empreendimento, pois, segundo o artigo 30 do Código de Defesa do Consumidor, toda informação ou publicidade, suficientemente precisa, veiculada por qualquer forma ou meio de comunicação, passa a integrar o contrato.

Receber as áreas sociais prontas e entregues é a garantia de economia no seu bolso e menos dor de cabeça na entrega do seu imóvel. Tudo para que você possa curtir esse momento tão especial que é a entrega das chaves do seu lar.

O La Casa Residência terá todas as suas áreas comuns e de lazer entregues mobiliadas e decoradas.

Saiba mais sobre o La Casa, clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *