Conexões sem Wi-Fi

Conexões sem Wi-Fi

ps: recomendamos que você leia este texto, enquanto escuta esta playlist 🙂

“Antes de existir o Wi-fi, conexão era uma palavra mais bonita.” 

 

Conectar não era sobre redes, notícias, feeds. Fazia mais sentido quando usávamos a palavra conexão com o sentido de vínculo, de união. Conexão com a natureza, com os nossos sentimentos, com o nosso interior, com o nosso lar. Conexão com o outro, com o compartilhar, com o viver de forma presente cada momento. Conectar não digitalmente. É sobre isso que queremos conversar agora.

 

Nunca fez tanto sentido termos conexão emocional e física com o lugar onde vivemos. Estamos em casa, sozinhos ou com os nossos, desconectados ou não com o mundo lá fora. Por isso, pensar em um empreendimento, vai muito além de projeto, paredes, obra, nome, cara. Pensar em um empreendimento hoje é pensar como ele se conecta com as pessoas que nele vão viver. O Hausen, novo empreendimento da Incoben, tem pilares fortes em sua estrutura. Um deles, já falamos aqui, é sobre a arquitetura sensorial, conceito inédito em Passo Fundo e que permeia todo o projeto do Hausen. O segundo pilar é a conexão in/out

 

Conexão in/out é sobre como o empreendimento conecta com as pessoas e sobre como as pessoas se conectam entre si e com elas mesmas. Tudo foi pensado no Hausen levando isso em consideração. Se fossemos separar a palavra conexão em três vertentes que se expressam no Hausen, seria dessa forma:

 

Conexão eu, comigo mesmo: a leveza de morar em um lar onde eu possa me conectar a mim mesmo.

 

Conexão eu com o lugar: pertencer ao meu próprio espaço.

 

Conexão eu com os outros: estar em um ambiente que proporciona trocas com outros indivíduos.

 

Cada espaço do Hausen foi pensado para conectar:

hausen-passo-fundo-sensorial-

 

“É a escolha de viver em conexão com família, amigos e,

acima de tudo, com você mesmo. Estar em sintonia com

as sensações, com sua essência e com a vista para um cenário

que nunca se cansa de encantar.”

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *