QUAIS SÃO AS CONDIÇÕES PARA O FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO?

QUAIS SÃO AS CONDIÇÕES PARA O FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO?

Diversas instituições financeiras oferecem o financiamento imobiliário como um meio para que as pessoas consigam adquirir sua própria casa ou apartamento, mesmo que não tenham como fazer isso à vista. Nessa modalidade de compra, você pode pagar as parcelas do valor total (com os juros estabelecidos pela instituição) ao longo de vários anos.

Quem quer aproveitar para realizar o sonho de ter um imóvel por meio do financiamento precisa se adequar a algumas condições. As mais básicas são:

  • Ter maioridade civil (18 anos ou emancipação aos 16 anos);
  • Ter meios de comprovar sua renda;
  • Estar com o nome limpo, não constando em cadastros de devedores, como o SERASA.

Essas são as características primárias que você deve ter para tentar financiar em qualquer banco. No caso específico da Caixa Econômica Federal (muito procurada para esse procedimento por oferecer juros mais baixos, além do programa Minha Casa Minha Vida para rendas menores), é também obrigatório:

  • Ser brasileiro ou ter um visto permanente;
  • Que o valor das parcelas do financiamento não seja maior do que 30% da sua renda familiar mensal. Em alguns casos, essa porcentagem pode ser mais baixa, de acordo com a faixa de financiamento na qual você se encaixa — quanto menor a renda, menor a quantidade que pode ser destinada ao pagamento das prestações. Por exemplo, se você tiver uma renda familiar comprovada de R$ 2.500,00, o valor da parcela não poderá ser superior a R$ 750,00.

Ainda que esses sejam os requisitos básicos, há muitos outros que podem surgir de acordo com o banco e com o financiamento. Por exemplo:

  • Se você desejar usar seu FGTS no início do processo, o imóvel deve ser avaliado em, no máximo, R$1.500.000,0; e o financiamento não pode ultrapassar 80% desse valor;
  • Também não é permitido ser dono de outro imóvel residencial na mesma cidade em que o novo.

Há, ainda, os documentos necessários para os diversos caminhos dentro o financiamento. Para usar o FGTS conforme citamos agora, a lista é uma; para usar como liquidação da dívida, é outra; para reduzir o saldo devedor, é outra, e assim por diante.

A relação de documentos indispensáveis para qualquer tipo de financiamento, porém, inclui basicamente:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de renda;
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Todos os documentos do imóvel.

Aliás, fizemos um post só sobre isso! Clique aqui e reveja.

É muito importante estar atento a todas as obrigatoriedades do financiamento, que pode ser bem burocrático. O resultado vale a pena, então é melhor cuidar de tudo agora para estar satisfeito em sua casa nova depois!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *